Deputado critica ‘espetacularização’ de Moro na Lava Jato


O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) foi o entrevistado da WebTV do Bocão News nesta semana e fez duras críticas a condução da Operação Lava Jato que envolve também nomes ligados ao seu partido. Segundo ele, há excessos cometidos pelo juiz Sérgio Moro e investigadores. Ele criticou a “espetacularização da Justiça e das operações judicias”.

“É tudo filmado ao vivo e em cores em desfavor dos cidadãos. Algumas pessoas podem ser absolvidas, mas podem ficar com a honra manchada. Vivemos a época dos juízes celebridade, simplesmente por estar cumprindo a sua obrigação. Eles são premiados, aclamado nas ruas. Tudo isso acontece em desfavor da democracia”, disse.

 

Irregularidades vão para a condução do juiz Sérgio Moro. “Não se trata da honradez, a crítica de mais da metade do mundo jurídico, ele passa a impressão de que estabelece uma tese e usa o processo para confirmar aquela hipótese. Isso fere a Constituição. Ele externa pensamentos que demonstram que o processo que fere diversos princípios constitucionais. Não podemos em nome do combate da corrupção que a Constituição é um estorvo”, brada.

Ex-presidente da Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro, Damous não poupa críticas a sua própria legenda. Reconhece que o PT passa por crise de identidade e precisa mudar de estratégia. Disse que a presidente Dilma Rousseff não possui base aliada no Congresso Nacional.